No inglês, um vogal (ou combinação) pode representar até cinco sons diferentes. Considere a combinação -ough:

bough – bau
cough – kóf
dough – dou
tough – tôf
through – thru

Das doze vogais representadas pelo sistema Chang, sete tem uma correspondência muito parecida ao português: i, ei, é, u, ou, ó, e or.

i – feet – igual ao ‘i‘ do português, mas prolongado. O símbolo : depois de uma vogal indicará que o som é prolongado
ei – bait – igual ao ‘ei‘ do português
é – set – igual ao ‘é‘ do português
aeat – um som mais aberto que o é. Imagine o e do ‘ei‘ como ‘ê’ do português. Agora, o ‘é‘ é  falado com a boca mais aberta. Abra mais ainda a boca e terá o ‘ae

u, w – boot – igual ao ‘u’ do português, mas prolongado
uh – should – vogal curto, entre ‘ô‘ e ‘u
ou – boat – igual ao ‘ou‘ do português
ó – cause – igual ao ‘ó‘ do português
a, oh – spa – um som entre ‘á‘ e ‘ó

â, ê, îr, ô, ûabout, even, first, love, but – todos os símbolos representam um só som, o schwa. O som mais próximo é ‘â‘, mas deve ser mais curto e vindo do trás da boca
î (sem r) – sit – parecido ao ‘ê‘. De novo, mais curto e mais pra trás na boca
or – more – igual a ‘ôr’